A fidelidade de José - Pr. Eri Carlos

Defendendo o Campo de Lentilhas-Pr. Eri Carlos

Senhor, mostra-me o Teu Caminho

Resgatando as Ovelhas Perdidas

Resgatando as Ovelhas Perdidas
Jesus é o Bom Pastor. O bom pastor dá sua vida pelas ovelhas, ele deixa as 99 no aprisco e busca a que se desgarrou, trazendo-a em seus ombros. Enquanto perdemos nosso tempo com coisas supérfluas, muitas ovelhas estão perdidas e cabe a nós a missão do IDE para resgatar tais ovelhas que se desgarraram do aprisco do Senhor Jesus. Há uma estatística no Brasil de que 40 milhões de evangélicos pararam na beira do caminho, isso sem contar aqueles que não tiveram um encontro real com o Senhor. Não cabe a nós julgar a razão ou os "porquês", mas precisamos fazer alguma coisa para que o adversário de nossas almas não venha a se regozijar, e que o Reino de Deus venha a ser acrescentado com o número dos que hão de se salvar. Se você está desanimado ou parou nesta caminhada gloriosa, em nome do Senhor Jesus retome sua caminhada e seja um soldado de Cristo. Lembre-se que Ele deu a própria vida na cruz do calvário por mim e por ti e ainda nos garante a salvação. Deus te abençoe! Pr. Eri Carlos

Louvores Escritos

Livretes Cristãos

Bíblia OnLine

terça-feira, 21 de junho de 2016

O profeta que foi morto por um leão

 O profeta que foi morto por um leão
I Reis 13...

            Sempre que meditamos na Palavra de Deus no Antigo Testamento, notamos que quando o povo israelita encontrava-se em desobediência, Deus na sua infinita misericórdia enviava-lhes um profeta avisando-os para que voltassem à razão e quando isto não acontecia acabavam sofrendo as conseqüências pelos seus atos.
            Jeroboão, filho de Salomão, tornou-se rei substituindo o pai, e fazendo tudo que não agradava aos olhos do Senhor.
            Certa vez quando queimava incenso junto ao altar, veio de Judá até Betel um homem de Deus (grifo meu) por determinação do Senhor e profetizou contra aquele altar, bem quanto ao nascimento do rei Josias (que aconteceria aproximadamente 3oo anos depois), o qual destruiria todas as obras contrárias, sacrifícios humanos e purificaria o altar do Senhor.
           
              Jeroboão ficou irado e estendeu sua mão contra o homem de Deus, ficando ao mesmo tempo ressequida. A palavra do Senhor diz em I Crônicas 16:22 “Não toqueis os meus ungidos, e aos meus profetas não façais mal”.
       Vendo o que ocorrera, Jeroboão pediu para que o homem de Deus orasse ao Senhor Deus para restituir sua mão e assim aconteceu.
Quantas vezes o inimigo usa pessoas para atingir o servo de Deus, mas aquele que está firmado na rocha eterna, nada poderá abalá-lo e o Senhor adverte veementemente aquele que se levantar contra seu ungido, pois nosso Senhor está ao redor para nos dar o escape e a vitória.

            Durante a leitura do Capítulo 13 de I Reis, pude observar que aparece 15 vezes a citação homem de Deus e mais de 70 vezes na Bíblia Sagrada.
       Eram poucos que tinham esse título concedido pelo Senhor e eram homens respeitados que procuravam cumprir a vontade do Senhor e entregar as profecias, quer para conforto ou para destruição a quem quer que fosse.
            Na atualidade também não são muitos que se podem contar como verdadeiros homens de Deus, os quais não temem mal algum e obedecem ao Senhor e que prega sua Palavra verdadeira, insta em todo o tempo.
Aquele que procura falar de um evangelho simples e verdadeiro, não deixando que o “eu” sobressaia sobre as coisas espirituais de nosso Senhor Jesus e também não é conivente com o “tudo pode, não tem problema, não tem importância, Deus quer só o coração, etc”, muitas vezes não é compreendido pelos homens, mas seu galardão está assegurado nas moradas celestiais junto ao nosso Deus.
            Aquele profeta não temeu o rei Jeroboão e profetizou contra o altar, o qual se fendeu e derramou as cinzas, cumprindo fielmente as ordens do Senhor.
            Nosso Senhor Jesus deu autoridade para aquele que crê para profetizar contra os altares que satanás tem procurado se levantar. Profetiza contra o altar de enfermidades, de angústias, de solidão, altar do vício, da parte financeira que tanto tenta afligir a humanidade, o altar das dissensões e destruição familiares, dos negócios; profetiza também contra o altar da traição, da soberba, da perseguição, da depressão, etc.
            Não importa qual seja a necessidade ou problema que está afligindo, profetiza com fé em nome do Senhor Jesus e esse problema se fenderá e cairá por terra como se fossem cinza e verás o poder de Deus.
            Logo que Jeroboão viu sua mão restituída, quis presentear o homem de Deus, sendo repreendido por este, o qual falou que não aceitaria mesmo que o rei oferecesse metade da sua casa, pois estava em missão exclusiva de Deus e não poderia desviar o objetivo e tão pouco voltar pelo mesmo caminho.
            Nosso Senhor nos adverte pela sua Palavra em Mateus 10:8 que devemos dar de graça o que de graça recebemos e jamais cobrar por algo que na verdade foi nosso Senhor que fez, honrando nossa fé.
Quantas pessoas usadas pelo adversário utilizam meios ardis para obterem vantagens e serem oportunistas dos incautos na fé, beneficiando-se de valores daqueles que ainda não conheceram e não teve o verdadeiro encontro real com Jesus Cristo, prevalecendo da simplicidade destes!
Após cumprir sua missão o profeta, continuou viagem por outro caminho, conforme fora determinado por Deus, porém em Betel morava um velho profeta que tomou conhecimento dos fatos e encilhou um jumento indo atrás do Homem de Deus.
Logo depois o encontrou assentado debaixo de um carvalho e após uma conversa cheia de astúcia mentirosa, inclusive citando que um anjo lhe ordenara voltar até sua casa, acabou por convencer o homem de Deus a retornar, onde este acabou também comendo pão e bebendo água, algo que foi explicitamente determinado pelo senhor para que não fizesse.
Deus usou o próprio profeta que o fez voltar, dizendo que ele fora rebelde e não guardara os mandamentos do Senhor e que em virtude sua desobediência seu cadáver não repousaria junto do sepulcro de seus pais.
O profeta retomou seu caminho indo embora, quando de repente foi atacado por um leão que o matou; e o seu cadáver ficou estendido no caminho, e o jumento ficou parado junto a ele.
Novamente o velho profeta ficou sabendo da situação e foi até local, encontrando o leão e o jumento que estavam parados juntos do cadáver, levando ao seu próprio sepulcro.
Nesta passagem fica registrado o que a desobediência poderá causar àquele que dá ouvidos à voz do estranho e se desvia do verdadeiro alvo e de seu objetivo.
O cristão vive constantemente em missão específica de pregar o Evangelho do Senhor Jesus e nesta missão é revestido do poder do alto, sendo necessária fidelidade, obediência e confiança para ter êxito no que foi confiado pelo Senhor Jesus.
O Senhor orienta para jamais dar lado para os certos tipos de conversas, desvirtuando do real objetivo. Satanás está à solta e se possível fosse tragaria vivo os escolhidos do Senhor, por isso é necessário vigilância em todo o tempo para não cair nas astutas ciladas do diabo.
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca “(Mateus 26: 41)”.
O homem de Deus, a princípio cumpriu sua missão de profetizar contra o altar de Jeroboão e também profetizou sobre o nascimento do rei Josias que se cumpriu, e que foi muito temente ao Senhor desde sua tenra idade, ou seja, desde os oito anos passou a governar, aos dezesseis verdadeiramente começou a servir ao Senhor, destruindo todas as obras e holocaustos que não agradavam a Deus; purificando o templo e fazendo uma reforma com muita audácia e coragem, concedida pelo Senhor, conforme II Reis Cap. 22.
Deus havia determinado para aquele profeta para não voltar pelo mesmo caminho e tão pouco beber de algo que lhe fosse oferecido, mas ele não deu ouvido, sendo enganado por outro profeta que usou de mentiras para convencê-lo.
Todos sabemos que o único título de pai que o diabo tem é o de “pai da mentira”, que procura a enganar as nações e se fosse possível o povo de Deus.
Algo interessante é que o leão não devorou o jumento que levava o profeta, ficando até mesmo ao seu lado.
Sabemos que o leão é um animal feroz, porém naquela ocasião ele sendo um animal irracional, cumpriu sua missão específica, devorando apenas o profeta que carregava o fardo da desobediência, ele tinha um alvo certo e foi obediente.
O profeta não soube compreender a voz de Deus, dando ouvido a voz estranha que ocasionou uma fatalidade.
Quanta pessoa tem morrido carnal e espiritualmente por desviar-se do alvo e não dar ouvidos à voz do Senhor Jesus.
Na ocasião em que o profeta Elias estava na caverna, fugindo de Jezabel, veio um forte vento que fendia os montes, depois um terremoto, depois fogo e o Senhor não estava, mas em seguida Elias pode compreender uma voz mansa e delicada, a qual era a voz do Senhor (I reis 19:11).
O cristão precisa compreender a voz do Senhor, mesmo que A coloque a prova conforme fez Gideão e conforme o Apóstolo nos orienta: “AMADOS, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I João 4: 1).

       Ilustração

“Certa vez um fazendeiro contratou um tratorista para fazer um trabalho em sua fazenda, onde seriam plantados cereais e era necessário trabalhar a terra”.
O fazendeiro disse ao contratado para que fizesse com seu trator leiras retas e paralelas para que a plantação tivesse um lindo visual.
O tratorista ficou um tanto preocupado, pois havia desnível no terreno, e perguntou como faria para que ficasse reto e a contento. O fazendeiro respondeu para ele fixar um alvo no final do terreno.
Quando foi à tarde o fazendeiro chegou para ver o trabalho e notou que as leiras estavam todas tortas e perguntou o que havia acontecido. O contratado respondeu que fizera conforme havia sido orientado e que fixou o alvo no final.
“Acontece que o alvo fixado era móvel, pois era uma vaca que pastava e ia de um lado para outro”.

O homem de Deus (homem e mulher, pois Deus não faz acepção de pessoas), precisa fixar o alvo Jesus Cristo e não se desviar nem para a direita e nem para a esquerda, e, tão pouco fazer como aquele profeta, voltar da caminhada, comer e beber daquilo que já havia experimentado antes, desobedecendo à ordem do Senhor e coxeando em dois pensamentos “Como o cão torna ao seu vômito, assim o tolo repete a sua estultícia” (Provérbios 26: 11).
O cristão precisa tomar atitudes do “sim, sim e não, não”, para o Senhor não existe o “talvez”. Se Deus te direcionou para fazer algo, faça, porque Ele é contigo e não te deixa na mão. Se o Senhor lhe prometeu que vai realizar o que para o homem é impossível, basta esperar e confiar no Senhor e verás as maravilhas que tem preparado para sua vida.

Deus enaltece aquele que lhe é fiel, assim como aconteceu com o servo Jó, o qual tinha um coração puro e mesmo passando todas aquelas provas da dor física e perdas incomparáveis, foi fiel até o fim, deixando-nos um exemplo de como Deus cumpre suas promessas e restitui tudo aquilo que o inimigo procura levar. Deus dá em dobro, é só confiar, não desviar do alvo e obedecer a Deus e a sua Palavra.

Deus te abençoe! 

        Pr. Eri Carlos Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário